builderall

Produzir água potável significa transformar uma água bruta, captada na natureza, em um produto manufaturado esteticamente agradável e microbiologicamente seguro.


Contudo, para se atingir o nível de excelência preconizado pela lei, é fundamental a remoção de toneladas de sólidos dessa água bruta, os quais, por sua vez, gerarão o chamado Lodo de Estação de Tratamento de Água ? LETA.


O LETA é, atualmente, um grande desafio para a gestão de uma estação de tratamento de água, pois envolve a necessidade de manter uma equipe técnica treinada no tratamento dessa fase sólida, bem como a disponibilidade de espaço e, sobretudo, equipamentos, o que acaba impactando fortemente tanto a operação da planta, como seus custos, sem contar que a presença de substâncias químicas, como o alumínio, torna esse lodo um produto potencialmente tóxico para o meio ambiente.


Uma alternativa usualmente aplicada para equacionar essa situação, é o envio do LETA para estações de tratamento de esgoto (ETE).


A princípio trata-se de uma solução viável, uma vez que, dessa forma, as operações de tratamento de ambas as fases sólidas serão concentradas em uma única unidade de tratamento, com significativa economia de escala nos seus custos operacionais.


Entretanto, há questões técnicas envolvendo os diferentes processos observados nas ETE?s, em que tal manobra requer, minimante, um estudo prévio, para avaliar se é possível ou não, assimilar esse passivo ambiental da ETA.


Esse cenário, onde os ?prós? e os ?contras? desenham tendências, é o bom combustível para alimentar o debate que convidamos você para participar!

Afinal, destinar lodo de ETA em ETE é sempre viável? E os investimentos na ETE para receber esse lodo, existem? Os impactos são devidamente avaliados?

Essas e outras perguntas serão debatidas por nossos convidados, onde cada um terá seu tempo de fala para defenderem suas ?teses?, baseado na vivência e conhecimento construído ao longo da vida.


Será um grande evento, com espaço reservado para que você possa mandar sua pergunta para os debatedores, interagindo conosco, trazendo sua realidade para a mesa de debates.

Enfim, esperamos você no dia 13 de outubro para nosso Webinar: Lodo de ETA em ETE, pode?


??Inscreva-se abaixo:?????